Paulo  Robalo

Aid al Adha - 2010

Aid al Adha

Le sacrifice du mouton.

Tudo se estabelece em torno da fé. Num ritual onde se oferece o que de maior valor se tem , um belo carneiro de olhar sereno, num espaço sagrado sob um pano de terra azul é imolado num abrir e fechar de olhos .Em dois golpes, com um gesto rápido e preciso através de uma incisão profunda, e num segundo o ciclo da vida é abalado e se atravessa a ténue e invisivel fronteira entre a vida e a morte. Sem pele, num processo de insuflação quase ridiculo, o animal limpo, despido, posteriormente esventrado já sem entranhas é pendurado numa arvore qualquer e ai fica inerte ,envolto num manto branco, como um deus invertido num hemiciclo de representação clássico.

No limite e perante a prova em forma de dávida ao homem resta lhe continuar a viver para tentar esclarecer tudo o que até então não o consegui o fazer

Provada a fé este na sua frágil condição mantém-se inalterado inquieto e expectante, continuando por resolver se, entregue a si só lhe resta que se cumpram os desígnios de um guião existencial que não ajudou a escrever.

Oxalá o registo pictórico possa acrescentar algo a esta narrativa intensa e extrema e apresente um olhar merecedor de uma cultura tão extraordinária.

Paulo Robalo

Aid al Adha

Sair

Aid al Adha

por Paulo Robalo